segunda-feira, 9 de março de 2009

Momento... Recadinhos do coração rsrsrs!


  • Um corpo sem inteligência não ama. Um corpo sem saúde não desfruta do amor. Um gênio sem amor não tem saúde espiritual. Diante disso tudo, devemos a cada instante procurar a companhia das três virtudes, mesmo que alcancemos uma a uma. (Paulo Baleki)
  • O inferno é perder a capacidade de amar. (Lea Waider)
  • Somente quem passa pelo gelo da dor chega à inocência do amor. (Chiara Lubich)

  • Os gestos de amor são humildes. ( E. Clemente)

  • Em matéria de amor, o silêncio vale mais do que a fala. (Pascal)

  • Ninguém vale nada enquanto não foi amado. (Tennessee Williams)

  • Quem não quer bem a si mesmo não há de querer bem aos outros. (A Kner)

  • Uma vida sem amor é como árvores sem flores e sem frutos. E um amor sem beleza é como flores sem perfume. Vida, amor, beleza: eis a minha trindade. (Gibran, Temporais)

domingo, 8 de março de 2009

Dia 8 de Março... Mulher



Mulher...
Tens sete sentidos
Sete chaves de poder
Mulher...
Mística flor, pétala serena
Seiva suave de uma árvore suprema
Indecifrável


Mulher...
Força felina e manhosa
Mulher frágil e poderosa
Sobretudo

Mulher...
Um sopro de vida no mundo
Alma do sonho e da dor
És assim quase perfeita
Perfeita dádiva do Criador...

Imagem: (Meramente ilustrativa)
Autor: (Desconhecido)


Sobre a mulher (Mensagem para o dia da mulher)

" Homem, cuida-te muito em não fazer chorar uma mulher,
pois Deus conta as lágrimas.
A mulher foi feita da costela do homem,
não dos pés para ser pisoteada,
nem da cabeça para ser superior
mas, sim, do lado para ser igual....
debaixo do braço para ser protegida
e do lado do coração para ser amada".

Autor: (Taumude hebraíco)

sábado, 7 de março de 2009

Nelson Mandela


"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." [Nelson Mandela]

Nelson Rolihlahla Mandela (Qunu, 18 de julho de 1918) é um advogado, ex-líder rebelde e ex-presidente da África do Sul de 1994 a 1999. Principal representante do movimento anti-apartheid, como ativista, sabotador e guerrilheiro. Considerado pela maioria das pessoas um guerreiro em luta pela liberdade, era considerado pelo governo sul-africano um terrorista. Passou a infância na região de Thembu, antes de seguir carreira em Direito. Em 1990 foi-lhe atribuído o Prêmio Lênin da Paz, que foi recebido em 2002.

"Cultivo minha própria liberdade carinhosamente, mas cuido ainda mais da nossa liberdade. Tantos têm morrido desde que deixei a prisão. Tantos têm sofrido pelo amor à liberdade. Devo isso às suas viúvas, aos seus órfãos, às suas mães e aos seus pais, que enlutaram e sofreram por eles." [Nelson Mandela]