domingo, 27 de junho de 2010

Fernando Scherer e Scheila Mello

Uma palhinha das fotos do casamento de Fernando Scherer e Scheila Mello, gente e dá uma olhada no blog dele que coisa mais fofa ele super envolvido com o casamento...

http://esportes.r7.com/blogs/xuxa-scherer/





quarta-feira, 23 de junho de 2010

Dunga totalmente sem noção...



Dunga escapa de punição por ofensas a jornalista

Comitê Disciplinar da Fifa não viu provas para abrir processo

Após trocar ofensas com um jornalista durante a entrevista coletiva após a vitória por 3 a 1 sobre a Costa do Marfim, o técnico Dunga escapou de uma possível punição. A Fifa, por meio de seu porta voz, Pekka Odriozola, anunciou que não há nenhuma prova para abrir processo contra o treinador.

O comandante da Seleção Brasileira poderia ter sido enquadrado no artigo 57 do Código Disciplinar da Fifa. Nele consta que qualquer pessoa que ofenda alguém de forma ofensiva, corre o risco de sofrer sanções.

Em outro caso semelhante, o técnico da seleção argentina, Diego Maradona, foi punido por comportamento ofensivo em entrevista coletiva após a classificação da Argentina para a Copa do Mundo.

Para explicar os motivos da não punição a Dunga, Pekka afirmou que o Comitê Disciplinar da Fifa examinou o vídeo da coletiva, mas não considerou as ofensas como base para abrir o processo.

Irritado, Dunga chamou o repórter Alex Escobar, da TV Globo, de "besta", "burro" e "cagão" no intervalo de algumas respostas.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Um ensaio diferente

Pondo o vestido da noiva em risco rsrs...



Mesmo assim é lindo



Ai meu Deus parece uma pessoinha que conheço rsrs... Liiiiiiiiiinda



Outros estilos



esse tá doidera




Digamos que seja uma noiva fazendeira uai kkkk



Bjooooooooooos!

Fotos: Allan Elly

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Nerds




Só pra descontrair uma ótima quinta feira pessoas, bjoooooos!

Recém casados






Recém casados

Um casal, recém-casados, mudou para um bairro muito tranqüilo.

Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela uma vizinha que pendurava os lençóis no varal e comentou com o marido:

- Que lençóis sujos ela está pendurando no varal.

- Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade, perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!

O marido observou calado.

Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava os lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:

- Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos!

- Se eu tivesse intimidade, perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!

E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.

Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:

- Veja, ela aprendeu a lavar as roupas. Será que a outra vizinha ensinou??? Porque eu não fiz nada.

O marido calmamente respondeu:

- Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!

E assim é.

Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos.

Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações.

Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos. Só assim poderemos ter real noção do real valor de nossos amigos.

Lave sua vidraça.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Gypsy




Cigana


Quebrei o meu coração na estrada
Passo o fim de semana
Costurando os pedaços de volta

Lápis e bonecas passam por mim
Caminhar fica tão chato
Quando se aprende a voar

Não sou do tipo caseira
Desligue-se
E quem sabe o que poderá encontrar

Não confessarei todos os meus pecados
Você pode apostar que eu tentarei
Mas nem sempre se pode vencer

Porque eu sou uma cigana
Você vem comigo?
Eu posso roubar suas roupas
E vesti-las caso me sirvam

Eu nunca fiz acordos
Como uma cigana
E eu não vou recuar
Porque a vida já me machucou

E eu não vou chorar
Sou muito jovem para morrer
Se você quiser me deixar
Porque eu sou uma cigana [2x]

Eu não posso esconder o que fiz
Cicatrizes me lembram
De quão longe vim

A quem possa se interessar
Apenas corra com tesouras
Quando você quer se machucar

Porque eu sou uma cigana
Você vem comigo?
Eu posso roubar suas roupas
E vesti-las caso me sirvam

Eu nunca fiz acordos
Como uma cigana
E eu não vou recuar
Porque a vida já me machucou

E eu não vou chorar
Sou muito jovem para morrer
Se você quiser me deixar
Porque eu sou uma cigana

Eu disse "Ei, você não é tolo se disser não"
Não é assim que a vida acontece?
As pessoas temem o que elas não conhecem

Eu disse "Ei, você não é tolo se disser não"
Não é assim que a vida acontece?
As pessoas temem o que elas não conhecem

Venha passear, oh yeah
Venha passear, oh

E eu não vou chorar
Sou muito jovem para morrer
Se você quiser me deixar
Porque eu sou uma cigana

Eu nunca fiz acordos
Como uma cigana
E eu não vou recuar
Porque a vida já me machucou

E eu não vou chorar
Sou muito jovem para morrer
Se você quiser me deixar
Porque eu sou uma cigana

Em breve...