quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Era só solidão...

E agora eu pago meus pecados
Por ter acreditado que só se vive uma vez 
Pensei que era liberdade
Mas, na verdade, eram as grades da prisão...

Nenhum comentário: